Não deixe para amanhã o que você pode mudar hoje!

 

relógio

Você entra às 9h no trabalho, mas tem a seguinte rotina – coloca o despertador para tocar às 7h30, mas atrasa o horário com a função Soneca e só toma coragem de levantar lá pelas 8 horas. O resultado você já sabe – mal consegue tomar um bom café da manhã, chega ao escritório atrasado e ainda corre o risco de cruzar com o chefe pelo corredor te olhando meio torto. Se isso aconteceu mais de uma vez e não apenas às segundas-feiras, por exemplo, temos aí um hábito criado.

Agora pense em quantos maus hábitos criamos ao longo do tempo e que fazem parte da rotina sem ao menos percebermos que se trata de um mau costume. A boa notícia é que tudo isso é criado pelo nosso cérebro e pode ser reprogramado, trocando por hábitos melhores e assim ter mais qualidade de vida.

 O começo de tudo

Tal assunto deu origem ao livro “O poder do Hábito, de Charles Duhigg”.

Charles é repórter investigativo do “New York Times” e com base

Cansado do modo “Stand-by”, em sua vida?

Stand by ou modo de espera é o termo usado para designar o consumo de energia elétrica em modo de espera de vários aparelhos eletrônicos como geladeiras, maquinas de lavar, televisores, rádios, DVDs, consoles de videogames, fornos de micro-ondas, computadores, celulares etc. (fonte Wikipédia)

Até quando irá continuar em modo de espera, para viver o melhor e controlar de verdade, sua vida?

1. Preste Atenção

Quando você tiver que esperar um semáforo abrir, ou na fila do banco, por exemplo, preste atenção. Ao invés de permitir que a sua mente divague pensando sobre o melhor caminho ou possíveis engarrafamentos, ou se o dinheiro para o depósito está bem contado, pare um momento e preste atenção. desligue o som do carro, abaixe o vidro e perceba os carros vindo na outra pista, o senhor de idade fazendo sua caminhada matinal, as árvores dançando ao vento, e o sibilar das folhas, escute os sons dos motores dos outros carros. Você só precisa fazer isto por alguns momentos, e já é um bom começo.

2. Observe

 Na próxima reunião com os amigos, observe o que está acontecendo. Dessa vez por um pouco mais de tempo do que o prestar atenção. Prestar atenção se baseia num gatilho (parar num semáforo, etc). Observação é como assistir um filme no cinema.

Aprenda a contar o máximo com o mínimo.

Essa é uma das lições que Alice vieira aprendeu na sua carreira como jornalista. A escritora portuguesa acredita que sua profissão teve grande influência na forma como ela constrói suas histórias de ficção.

No vídeo abaixo, ela fala da sua visão sobre escrita criativa e dá várias dicas práticas para quem está começando.

Uma reflexão para os aspirantes!

O cientista da alma e sua ciência.

Cientista da Alma = mago

Um magista(mago) é como um cientista e ao mesmo tempo um astronauta, um cientista da Alma, lançando mão de certas ferramentas para atingir o conhecimento necessário à seu intento. Ele estuda exaustivamente o funcionamento do Universo “visível” e “invisível”, interiorizando todas as leis e regras que os regem.

No entanto, algumas leis podem ser simplificadas e entendidas em seu conceito mais básico. O principal desses conceitos básicos é: “Tudo é Mental!”

 Todo o Universo responde à mente do observador. Assim como os físicos quânticos estão verificando atualmente, os Magos há muito já sabem que a realidade se comporta de acordo com a percepção de quem a vê, e não o contrário, como se costuma imaginar. Na prática é como dizer que, se você acorda pela manhã e tem um banheiro perto para você ir escovar os dentes é porque você “espera” ou “escolhe” que este banheiro esteja lá. Se você “esperava” o banheiro e ele não apareceu, talvez você queira fazer um check-up da sua percepção de realidade. Pode ser que o whisky da noite passada o tenha alterado. ;)

Ser um mago é, antes de tudo, assumir-se capaz de alterar a realidade. É ver-se

Recomendo ler “A torre negra volume 1″

Aproveitando que hoje é o dia internacional do livro, inicio hoje no blog minha indicações de leitura de livros tantos de ficção quanto os de não-ficção. Nesse primeiro post, não tinha como mencionar uma das grandes séries do “Rei”, Stephen King.

E qual seria?

Começando com uma história curta aparecendo em The Magazine of Fantasy and Science Fiction em 1978, a publicação da obra épica de Stephen King de fantasia – o que ele considera ser um único romance de comprimento e sua magnum opus – já dura um quarto de século .

Situado em um mundo de circunstâncias extraordinárias, cheias de imaginação visual deslumbrante e personagens inesquecíveis, a série A Torre Negra é feita de foma visionária! Uma mistura mágica de ficção científica, fantasia e horror que pode muito bem ser a sua maior conquista.

No Volume I lemos…