Reflexão sobre a beleza

IMG_34649786825956

“Você conhece uma moça tímida e despretensiosa.

 Se lhe disser que ela é linda, a moça vai achá-lo muito gentil, mas não acreditará nas sua palavras. Ela sabe que a beleza está no seu jeito de olhá-la(…) E. às vezes, isso é o bastante(…)

Mas existe uma maneira melhor.

 Você lhe mostra que ela é linda. Faz de seus olhos um espelho, de sua mãos, uma prece no corpo dela. É difícil, dificílimo, mas, quando ela realmente acreditar em você, de repente, a história que ela conta a si mesma em sua cabeça se modifica. A moça se transforma.

 Deixa de ser vista como bonita. Torna-se bonita ao ser vista.”

Por Kvothe 

( Livro O Nome do Vento. Autor Patrick Rothfuss)

Interessado em conhecer um livro fantástico?

Adquira AQUI ele e sua continuação “O temor do Sábio”!

E aproveite essa “alquimia” literária, que mudará totalmente seus conceitos quanto a literatura fantástica! ;)

Reencarnação – Além do tempo e do espaço

 fonte: site SPIRIT SCIENCE AND METAPHYSICS.

Um livro intitulado “O biocentrismo: Como a vida e a consciência são as chaves para entender a natureza do Universo” “causou” na Internet, porque continha uma noção de que a vida não acaba quando o corpo morre e que pode durar para sempre. O autor desta publicação o cientista Dr. Robert Lanza, eleito o terceiro mais importante cientista vivo pelo NY Times, não tem dúvidas de que isso é possível.

Além do tempo e do espaço

Lanza é um especialista em medicina regenerativa e diretor científico da Advanced Cell Technology Company. No passado ficou conhecido por sua extensa pesquisa com células-tronco e também por várias experiências bem sucedidas sobre clonagem de espécies animais ameaçadas de extinção.
Mas não há muito tempo, o cientista se envolveu com física, mecânica quântica e astrofísica. Esta mistura explosiva deu à luz a nova teoria do biocentrismo que vem pregando desde então. O biocentrismo ensina que a vida e a consciência são fundamentais para o universo.
É a consciência que cria o universo material e não o contrário.
Lanza aponta

Um herói de verdade.

Explicara-me que, na maioria das tradições, religião não tem a ver com crença, e sim com prática. Religião não é aceitar vinte proposições impossíveis antes do café-da-manhã, e sim fazer coisas que podem mudar seu adepto. É uma estética moral, uma alquimia ética. Comportando-se de determinada maneira, o devoto se transformará. Os mitos e as leis da religião são verdadeiros não porque se coadunam com uma realidade metafísica, científica ou histórica, e sim porque enaltecem a vida. Contam como a natureza humana funciona, mas, para descobrir sua verdade, é preciso aplicá-los à própria existência e colocá-los em prática. Os mitos dos heróis, por exemplo, não surgiram para nos fornecer informações históricas sobre Prometeu ou Aquiles – nem sobre Jesus ou Buda. Seu objetivo é compelir-nos a agir de tal modo que revelemos nosso próprio potencial heroico.

Karen ArmstrongA escada espiral – Memórias, Editora Companhia das Letras, São Paulo, 2005

21 características de uma alma DESPERTA

Você pode dizer que é por causa de uma mudança global na consciência, um destino óbvio, devido à evolução espiritual, ou o resultado de tempos estranhos, mas, muitas pessoas em todo o mundo estão passando por mudanças pessoais intensas e sentindo uma expansão de consciência. Mudanças pessoais dessa magnitude pode ser difícil de reconhecer e entender, mas aqui estão 21 características do despertar de uma alma, de uma forma “sensível”, ou um “empática”.

1. Estar em locais públicos é, por vezes esmagador. Desde que os nossos muros entre o eu e o outro estão se dissolvendo, não temos realmente aprendido a distinguir entre a energia da outra pessoa e a nossa. Se o humor geral da multidão é semelhante ou negativo, podemos sentir isso de forma aguda, e pode sentir como se retirasse para o nosso próprio espaço privado. Quando tivermos recarregado nossas baterias com a meditação, passar o tempo na natureza, longe de outras pessoas, ou simplesmente sentado em contemplação silenciosa, estamos prontos para estar com as massas novamente. Nos relacionamentos pessoais, muitas vezes vai sentir as emoções de outra pessoa como a nossa. É importante ter presente maior senso de empatia, mas temos de aprender a permitir que as emoções da outra pessoa, respeitando-os e mantendo nossa empatia, mas, percebendo que nem todas as emoções nos pertencem. A influência social podem

Não deixe para amanhã o que você pode mudar hoje!

 

relógio

Você entra às 9h no trabalho, mas tem a seguinte rotina – coloca o despertador para tocar às 7h30, mas atrasa o horário com a função Soneca e só toma coragem de levantar lá pelas 8 horas. O resultado você já sabe – mal consegue tomar um bom café da manhã, chega ao escritório atrasado e ainda corre o risco de cruzar com o chefe pelo corredor te olhando meio torto. Se isso aconteceu mais de uma vez e não apenas às segundas-feiras, por exemplo, temos aí um hábito criado.

Agora pense em quantos maus hábitos criamos ao longo do tempo e que fazem parte da rotina sem ao menos percebermos que se trata de um mau costume. A boa notícia é que tudo isso é criado pelo nosso cérebro e pode ser reprogramado, trocando por hábitos melhores e assim ter mais qualidade de vida.

 O começo de tudo

Tal assunto deu origem ao livro “O poder do Hábito, de Charles Duhigg”.

Charles é repórter investigativo do “New York Times” e com base