Habitando dois mundos.

Habitamos no mundo físico, mas ao mesmo tempo, sendo que nós só podemos experimentar verdadeiramente nossa percepção desse mundo, parece que na realidade nós também vivemos em um mundo de pura consciência e idéias. E me surpreende que os territórios existentes neste espaço mental sejam compostos apenas de idéias e conceitos. Em vez de ilhas e continentes existem sistemas de crenças e filosofias. O marxismo pode ser uma ilha. As religiões judaico-cristãs podem constituir outras terras ou continentes. As mentes humanas interagem, embora debilmente, de forma limitada, com cada espaço-ideia a cada momento do dia apenas para conduzir nossas vidas diárias. Se você quer idéias realmente originais, se você é um artista ou um inventor ou alguém que trabalha com idéias originais e novas, deve mergulhar em linha reta na base, na noosfera profunda para encontrar as idéias que nunca foram pensadas antes. Se assumirmos que o espaço-idéia, ou algo assim existe, então podemos decidir que queremos explorar esse espaço; sejam por razões artísticas, ou talvez por razões científicas, ou talvez como magos, como ocultistas. Agora, se estamos por nos aventurar neste território hipotético e mais ou menos desconhecido, parece sensato testar e Continuar lendo Habitando dois mundos.

Uma história de morte que traz vida.

Brincadeira tá! Justamente no último dia do ano, cai de “pára-quedas” uma indicação de uma amigo pelo facebook para um leitura de uma HQ memorável. Poxa vida! Mas o último dia do ano é pra passarmos com amigos e parentes, juntos com promessas de um ano novo melhor!

Bem, basicamente é o que estou fazendo neste momento comigo mesmo, apenas comigo. É um momento em que todos precisam mesmo. Cada pessoa que tiver oportunidade de passar e pensar estando apenas consigo mesmo precisa disso!

Não é um paradoxo não, pessoal! Digo em um “certo momento da vida”…

E esse agora é o meu.

Tanto que sintetizo as palavras de um amigo “ocultista”, que diz muito sobre a jornada que cada um de nós devemos percorrer. Se é que queremos vencer a “MATRIX”, ou “MAYA”(véu da ilusão) ou como você queria acreditar que seja esse estado de ilusões em que vivemos.

Diz assim : “Não há Conhecimento mais importante, Poder maior ou Milagre mais impressionante do que conhecer a si próprio, ter Poder sobre si mesmo e tornar-se um ser humano melhor. Ao invés de tentar dobrar a colher, realize a verdade. É você mesmo quem dobra.”

 Daytripper adota essa perspectiva.

Acho que divaguei demais e esqueci do assunto desse post!  Hoje vou falar sobre a HQ, Daytripper.

No trato das grandes questões existenciais, distinguem-se pelo menos duas abordagens possíveis. A primeira é Continuar lendo Uma história de morte que traz vida.

Recomendo o filme Batman-The Dark Knight Rises

Assistindo ao último filme que encerra a trilogia dos filmes do Batman, dirigido brilhantemente por Christopher Nolan, penso:

Esse foi o melhor filme de super-herói desse ano? Exatamente me vem há mente o filme dos vingadores…

Batman Begins(2005) e O Cavaleiro das Trevas(2008) formam com “O Cavaleiros da Trevas Resurge” uma tríplice coroa de como devem ser filme de heróis!

 A tela se abre. O som é ouvido. Uma voz se ouve, bem conhecida. A oração é feita.

Oito anos se passaram!

Trailer:

A “Lei Harvey Dent” teve seu efeito sobre Gotham. Batman desapareceu de cena. E Bruce Wayne? Continuar lendo Recomendo o filme Batman-The Dark Knight Rises