Espanha7

Nossa salvação é a morte, mas não esta.

ESTE AFORISMO mostra nossa possibilidade de morrer e renascer no decorrer de uma mesma vida. Vejamos um exemplo concreto disso.

Ceferino Carrión (1928-1996) perdeu o pai e o irmão durante a Segunda Guerra Mundial, quando um torpedo alemão atingiu o barco em que fugiam da fome que assolava a Espanha. Ceferino trabalhou como operário em Barcelona.

Depois rumou para a França, onde foi garçom, e de lá emigrou clandestinamente num navio para os Estados Unidos, tendo lavado pratos durante anos sem saber falar inglês. Pouco a pouco foi aprendendo o idioma e assimilando a cultura do país.

Decidiu mudar-se para Hollywood.
Lá, trocou seu nome para Jean Leon e abriu um restaurante junto com um ator com quem fizera amizade: ninguém menos que James Dean.
Após a morte do amigo num acidente, Jean Leon ficou à frente do La Scala, o “restaurante dos atores”, que serviu a “última ceia” de Marilyn Monroe. Insatisfeito com os vinhos californianos, investiu na Penedés, na Espanha, que passou a criar vinhos especiais para seu restaurante, os quais acabaram por se tornar uma das marcas mais respeitadas da vinícola.

A vida de Jean Leon demonstra que, quaisquer que sejam as circunstâncias, é possível morrer e renascer para o que cada um está destinado a ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.